Total Pageviews

Monday, January 01, 2007

Hiperidrose (saúde/medicina)

A hiperidrose é uma disfunção do sistema autônomo simpático, responsável por controle das glândulas sudoríparas, que produzem o suor como elemento de equilíbrio da temperatura corporal e, por esta disfunção, passa-se a perceber uma perspiração excessiva, sendo os locais mais comuns de ocorrências a face, couro cabeludo, pescoço, axilas, mãos, nádegas, virilhas e/ou pés. Muitos médicos optam por um controle através de medicamentos, mas sabe-se que é um paleativo, pois a causa principal continua intacta. Quando o problema ou o desconforto não é muito, soluções paleativas são bem vindas, mas requerem cuidados, pois trata-se de aplicação de pomadas, desodorantes antitranspirantes e outras receitas que podem causar desde uma simples irritação na pele até uma grave dermatose, evoluindo para um quadro mais grave ainda. Por isso, a recomendação de que o acompanhamento médico seja indispensável, já que se trata de um problema glandular. Para soluções definitivas, em casos aconselhados por especialistas, enquadra-se a cirurgia ou micro cirurgia glandular como meio de correção desta disfunção. Maiores informações, visite o site: www.unifesp.br/dcir/torax/vats/hiperidrose.htm#14
e saiba mais sobre a disfunção.

1 comment:

FAMILY said...

qUANTO AO PROBLEMA RELATO, HOJE É CONSIDERADA UMA DOENÇA,CONSTANTE DO CID (CÓDIGO INTERNACIONAL DE DOENÇA) E QUE OS TRATAMENTOS VARIAM DE CASO A CASO. PODENDO PARTIR DESDE UM TRATAMENTO LOCAL A UM TRATAMENTO SISTÊMICO. A HIPERIDROSE É CONSIDERADA UMA DOENÇA HEREDITÁRIA QUE PODE SE MANIFESTAR EM UMA PESSOA DE MANEIRA PARTICULAR, PODENDO SER CONSTANTE OU EM SITUAÇÕES QUE ENVOLVEM O EMOCIONAL. PODE AFETAR ALGUMAS ÁREAS ESPECÍFICAS DO CORPO, SENDO AS AXILAS, MÃOS, PÉS, ROSTO..., O QUE PODE CAUSAR MUUITO DESCONFORTO AO PACIENTE, AFETANDO INCLUSIVE, O SEU LADO EMOCIONAL, POTECIALIZANDO ESSES INDIVÍDUOS A PORTAREM PROBLEMAS DE ORDEM PSICO-SOCIAL, SE NÃO BEM ORIENTADOS OU TRATADOS. SE VOCE NÃO TEM ESTE PROBLEMA, AGRADEÇA A DEUS, MAS SE TEM, PROCURE TRATAMENTO, POIS HOJE OS SERVIÇOS PÚBLICOS TEM ATENDIMENTO PARA ESTES CASOS, ASSIM COMO TODOS OS CONVENIOS MÉDICOS DO PAÍS SE ENCONTRA HABILITADO A ENFRENTAR A SITUAÇÃO. PROCURE UM SERVIÇO ESPECIALIZADO, A PARTIR DA CONSULTA COM UM CLINICO GERAL, QUE LHE INDICARÁ OU ENCAMINHARÁ A UM ESPECIALISTA, QUE PODERÁ APRESENTAR AS ALTERNATIVAS CABÍVEIS, FICANDO A ENCARGO DO PACIENTE DECIDIR POR QUAL TRATAMENTO OPTAR...(CIRURGIA DO NERVO SIMPÁRICO´-RESPONSAVEL PELO ACIONAMENTODAS GLÂNFULAS SUDORÍPARAS-, APLICAÇÃO DE BACTÉRIA BURTOLÍNICA-APLICAÇÃO LOCAL-, MEDICAMENTOS TÓPICOS E OUTROS...)OS HOSPITAIS DE CLÍNICA DO PAÍS ATENDEM A ESTES CASOS, MAS PRECISA UM POUCO DE PACIÊNCIA, POIS A FILA PARA ATENDIMENTO É LONGA, MAS NÃO DEIXE QUE ESTE PROBLEMA SEJA UM EMPECÍLIO PARA A SUA VIDA. CUIDE-SE E SEJA FELIZ.
ABRAÇOS